Atuação do Psicólogo Hospitalar em Centro Obstétrico: Possibilidades e Limitações

Atuação do Psicólogo Hospitalar em Centro Obstétrico: Possibilidades e Limitações
(Tempo de leitura: 12 - 24 minutos)

Resumo: Este estudo apresenta a atuação do psicólogo hospitalar no centro obstétrico e descreve as possibilidades e limitações de atuação neste contexto. E objetivou saber como o psicólogo hospitalar atuará no centro obstétrico dando suporte emocional às parturientes que apresentam demanda. O psicólogo nesse contexto visa proporcionar alívio emocional às parturientes, para que a ansiedade e angústia sejam amenizadas por meio do acolhimento e da escuta, isso se dá através da realização uma escuta atenta e de uma avaliação psicológica para identificar possíveis situações de desorganização emocional. É necessário fazer o acolhimento das parturientes na sua chegada ao centro obstétrico, propiciando um espaço para que elas expressem suas emoções, suas expectativas e sua subjetividade. Este trabalho favorece a construção de uma relação de confiança. Dentre estas possibilidades de atuação há fatores que podem limitar essa atuação, geralmente relacionados ao ambiente em si, por se tratar de um setor de urgências e emergências, a falta de comunicação e integração entre as equipes. O psicólogo deve atuar priorizando ações conjuntas com as equipes de forma que o trabalho seja complementar. E que o atendimento às parturientes seja global e interdisciplinar. Para a elaboração desse estudo foi realizada uma pesquisa bibliográfica em livros e artigos da área para a construção deste trabalho

Palavras-chave: Psicólogo Hospitalar, Parturientes, Centro Obstétrico, Psicologia da Saúde.

 

Informar um Erro Publique Seu Artigo